Camila Morgado fala sob Vergel no Festival de Gramado.

vergel camila morgado

Camila Morgado encara o luto e o renascimento no drama "Vergel"

Entrevista

Não há gênero que a atriz Camila Morgado rejeite ou olhe com preconceito. Aliás, esse seu desprendimento com os gêneros do cinema é consequência natural de uma curiosidade que Camila sempre teve, antes mesmo de migrar do teatro para a telona: a de mergulhar em tudo o que existe de fascinante em qualquer ser humano. "Foi o que sempre interessou: o nosso comportamento, a forma como nos vestimos, falamos, reagimos à vida. É esse meu objetivo como atriz e é isso o que me leva a passear por tantos gêneros", conta a atriz, que, recentemente se divertiu na comédia "Divórcio", encarou a tensão no thriller "O Animal Cordial" e mergulhou nos processos de luto com o drama "Vergel" - este último fazendo sua estreia nacional na mostra competitiva de longas-metragens brasileiros do 45º Festival de Cinema de Gramado.